MENU 

Aprovados na UFJF: ex-alunos do geração comemoram nova fase


O mês de julho teve um sabor de vitória para Yuri Gouvêa Germano Da Silva Dutra Ribeiro e Matheus do Nascimento Silva, ambos ex-alunos do projeto da ABAN, Geração do Futuro, e agora, alunos da Universidade Federal de Juiz de Fora (UFJF).

 

No projeto há quatro anos, Yuri conta que no Geração aprendeu a dar valor aos seus projetos e ter mais clareza nas suas decisões. Apesar de inicialmente pensar em seguir a carreira militar, em 2017 teve uma experiência que mudou os rumos de seus planos: “Participei da feira de Ciências e recebi a premiação em 1º lugar. Meus prêmios foram livros, e um desses livros me encantou e me fez lembrar de uma paixão que eu tenho desde pequeno: estudar o céu. Depois disso eu comecei a pensar em fazer o vestibular para cursar Astronomia ou Física”.

 

Na dúvida entre os dois cursos, Yuri conta que optou pela Física, que possui a mesma grade curricular do de Astronomia e é ofertado na UFJF, facilitando também o acesso. Ansioso para começar a nova etapa, Yuri conta que não está relaxado, “pois tenho consciência que essa é só mais uma etapa para conquistar meu sonho”, explica.

 

Matheus, que participou da primeira turma do Geração do Futuro, conta que aprendeu muito sobre empatia, empoderamento e até mesmo sonhos: “O projeto teve muita influência em diversos pontos da minha vida, principalmente em relação aos meus sonhos. Em casa conversa e debate que fizemos lá, me desenvolveu a coragem de sonhar sem ter vergonha ou medo, me fazendo acreditar nas possibilidades que existem e acreditar em mim”.

 

Aprovado para o curso de Artes e Design, Matheus conta que está ansioso pela nova fase, e espera ganhar conhecimento e experiências: “Tenho certeza que o curso que escolhi me fará feliz, pois é um curso que me dá a possibilidade de trabalhar minha criatividade em diversos aspectos, me possibilitando explorar áreas nas quais ainda não tive oportunidade de conhecer e aprender”.

 

O Geração do Futuro

Direcionado para os adolescentes do bairro Dom Bosco, o objetivo do projeto é ampliar as perspectivas de vida dos jovens, reduzindo o envolvimento com a criminalidade e o uso de substâncias ilícitas.

 

Por meio de reuniões semanais, as turmas se dividem a partir de três grupos, conforme a faixa etária, para a discussão de vários temas importantes para o desenvolvimento profissional e também pessoal.