MENU 

Clínica Amigo oferece nova estrutura para atendimento de cirurgias

Completamente reformada para 2018, a Clínica Amigos está apta a realizar todo o procedimento cirúrgico de acordo com as especificações do Conselho Regional de Medicina Veterinária (CRMV-MG). As adequações incluem implemento de ar condicionado, sala antissepsia, espaço próprio para preparação do animal e sala de recuperação para o pós-operatório.

 

O projeto tem com objetivo realizar consultas, exames e cirurgias eletivas em cães e gatos, de pessoas socialmente vulneráveis, de forma gratuita. Os animais de famílias que têm condições de arcar com os custos  são atendidos a preços sociais, como maneira de gerar recursos para o atendimento.

 

Segundo Inês, a principal atualização do projeto para este ano foi a reforma da clínica. “Fizemos tudo o que é exigido pelo CRMV e foi um grande avanço, investimos na Clínica Amigos para estar em conformidade com o Conselho e para dar mais dignidade aos nossos animais. Temos uma clínica que não deixa nada a desejar em relação a uma clínica particular. A estrutura é excelente e foi construída com muito esforço.

 

A clínica conta com uma voluntária profissional responsável pelas cirurgias. De acordo a coordenadora do projeto, Inês …, A maior parte dos procedimentos cirúrgicos são eletivos, como castrações, remoção de tártaro e cirurgias de retiradas de nódulos mamários.

 

O trabalho na clínica reduz a superpopulação de cães e gatos e, de acordo com Inês, “assim, é possível prevenir doenças e evitar o abandono de filhotes”. Ela acrescenta ainda que a  posse responsável também é trabalhada, porque não podemos esquecer que a superpopulação de animais domésticos é caso de saúde pública.”

 

Para a coordenadora, um dos desafios é encontrar pessoas dispostas a exercerem o trabalho voluntário. “Hoje temos uma voluntária na parte de cirurgia e precisamos de mais profissionais dispostos a contribuir com a responsabilidade social de atender esses animais”. A captação de recursos para custear medicamentos e pagar contas e o trabalho para conscientizar os proprietários dos animais sobre a importância da castração também são desafios apontados.