MENU 

“Somos raiz da ABAN” – talentos do futebol do Dom Bosco iniciam temporada em SP


Iniciando nova fase no #FutFera em São Paulo, as irmãs Luana, 16 anos, Camilla, 17 e Bruna Salles, 20, relembram a participação em projetos da ABAN e encaram novo desafio com entusiasmo. Para Luana, a oportunidade traduz um ótimo momento para se desenvolver, uma vez que em Juiz de Fora, as oportunidades para quem quer seguir carreira profissional são reduzidas: “Essa falta de oportunidade é também de visibilidade para o futebol feminino, pois infelizmente, o preconceito ainda existe em relação à mulher que joga futebol”.

 

Luana conta ainda que ela e as irmãs sempre jogaram juntas, por isso são chamadas de “trigêmeas”. “Crescemos juntas apoiando uma a outra, corremos juntas atrás do mesmo sonho”, explica.  Para a atleta, as participações nos projetos da ABAN geraram oportunidades para entender melhor os rumos da vida profissional: “Desde 2015 sempre participamos de atividades da ABAN, desde o Café com Conversa (hoje Geração do Futuro), teatro, balé, reforço escolar, oficinas de meio ambiente, hip hop, grafite entre outros... podemos dizer que somos ‘raiz da aban’. ”

 

Para a atleta, o projeto auxiliou a ela e as irmãs se desenvolverem profissionalmente e também como pessoa: “Se eu não tivesse passado por lá acho que não teria pensamentos como tenho hoje , na ABAN você aprende muita coisa, e não se trata só de profissional , trata-se também de você como pessoa”.